Perfil Corporativo

1Fundada em 1972, a Companhia investe no Brasil em negócios voltados a atender ao público de alta renda, com atividades em desenvolvimento e administração de projetos únicos e inovadores nos setores de (i) Renda Recorrente; (ii) Hotéis e Restaurantes; (iii) Incorporação; e (iv) Aeroporto Executivo, em fase pré-operacional.

O processo decisório da Administração está baseado no equilíbrio entre (i) fortalecimento do resultado operacional; (ii) a racionalização da estrutura e alocação de capital; e (iii) ações que visam reduzir o custo de capital próprio e de terceiros (spreads). O conjunto dessas ações forma o tripé do processo de criação de valor que pretendemos entregar a nossos acionistas e demais stakeholders.

A Companhia mantém ativos a desenvolver, com potencial de criação de valor, os quais serão implementados na medida em que as condições de mercado e estrutura de capital forem adequadas.

A Administração da JHSF investiu, e seguirá investindo, em mecanismos e procedimentos internos de integridade, auditoria e incentivo à denúncia de irregularidades e a aplicação efetiva de códigos de ética e de conduta.

  1. Shoppings

Operação que compreende (i) quatro shoppings centers – Cidade Jardim (“SCJ”), Bela Vista (“SBV”), Ponta Negra (“SPN”) e Catarina Fashion Outlet (“CFO”); (ii) serviços para shoppings, voltados à administração, estacionamentos e fornecimento de energia e telecomunicações; e (iii) marcas de varejo de alto luxo.

  1. Hotéis e Restaurantes

Operação de hotéis e restaurantes administrados sob a bandeira “Fasano”. São 4 hotéis em operação e 5 já contratados (Angra dos Reis, Belo Horizonte, Salvador, Trancoso e Miami), além de 14 restaurantes (São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília). O objetivo desta divisão é rentabilizar e crescer as operações de hotéis e restaurantes de alto luxo com a marca ‘Fasano’, no Brasil e exterior; e agregar valor aos empreendimentos da Companhia, a partir de plataforma asset light, ou seja, sem ativos imobiliários.

  1. Incorporações

Essa divisão de negócios está focada na venda do estoque existente e administração da carteira de recebíveis imobiliários. Atualmente a Companhia estuda a possibilidade de retomar seletivamente projetos a serem desenvolvidos no landbank existente nas imediações do Parque Cidade Jardim e Residência Cidade Jardim, próximos ao SCJ e voltados para clientes de alta renda.

  1. São Paulo Catarina Aeroporto Executivo (em desenvolvimento)

Atualmente em fase pré-operacional, o projeto São Paulo Catarina Aeroporto Executivo terá pista de aproximadamente 2.400 metros. O empreendimento possui investimento inicial estimado em R$ 300 milhões, sendo o saldo de CAPEX a realizar, na data deste documento, estimado em R$ 55 milhões, cujas fontes são: (i) capital de terceiros – financiamento com o BNDES; e (ii) recursos próprios da Companhia.